Disney pode trocar a EA pela Activision ou Ubisoft

Mudança pode acontecer após uma série de problemas que a EA vem enfrentando

As coisas não estão muito fáceis para a Eletronic Arts. Muito falatório sobre as loot boxes e os jogos de Star Wars que a empresa vem produzindo não estão agradando como poderiam. O primeiro Battlefront foi muito bem em vendas. No entanto, a sequência que foi lançada no ano passado, se viu envolvida em muitas controvérsias. Foi a própria Disney quem forçou a EA a abandonar, ao menos até segunda estância, as micro transações no jogo. Só isso já seria responsável por abalar parceria entre a Disney e a EA.

Depois veio o cancelamento do jogo que a Visceral Games estava trabalhando. Muitos fãs aguardavam ansiosamente pelo projeto, uma vez que haviam diversos nomes de grande peso envolvidos. Agora, com a Visceral Games “morta”, não há esperanças de um jogo de Star Wars tão diferente quanto aquele que viria do estúdio.

Obvio que há um contrato em vigor. No entanto um forte rumor aponta que a Disney está muito interessada em deixar a parceria com a EA. Ao invés da desenvolvedora de FIFA, a Disney estaria de olho na Activision e a Ubisoft. Isto faria a EA perder a licença de produção de jogos da franquia Star Wars. O contrato em vigor poderia estar em risco por conta de algum fato, ainda não divulgado, que poderia abrir a chance da Disney pensar em tirar a licença das mãos da EA ou simplesmente ir até outras desenvolvedoras para saber sobre suas ofertas. Assim, a Activision e a Ubisoft, caso este rumor esteja certo, podem apresentar projetos relacionados a Star Wars. Se a Disney gostar, poderá romper o contrato com a EA.

Resultado de imagem para battlefront 2

Enquanto a imprensa diz que o relacionamento da Disney com a EA está abalado, a desenvolvedora diz o contrário. A EA recentemente afirmou que não vai abandonar as micro transações e que encontrará uma forma de convencer a Disney. Talvez a publisher não tenha mais este tempo.

Já pensou ver um jogo de tiro ao estilo Call of Duty, no universo Star Wars? Ou até mesmo um game com a ambientação de Assassin’s Creed Origins, mas com algum Jedi? As ideias podem não parar por aí e não me surpreenderia se realmente a Disney deixar a EA. Neste mercado com uma marca tão forte quanto Star Wars, não há perdão.

Veja mais sobre games aqui.

23 anos, publiciotário, gamer desde os 4 anos de idade e consumidor voraz de cultura pop. Youtube e Netflix são minhas TVs.

Miguel Moreira

23 anos, publiciotário, gamer desde os 4 anos de idade e consumidor voraz de cultura pop. Youtube e Netflix são minhas TVs.

%d blogueiros gostam disto: