Simon VS. A Agenda Homo Sapiens | Resenha

Simon VS. a agenda homo sapiens é o nome do livro de estréia de Becky Albertalli.

Diferente da maioria dos romances young adults que foram publicados nesses últimos cinco anos, a trama do livro gira em volta de um romance homosexual. Então sim, o personagem principal, no caso, Simon, é gay. Porém, o romance não trata a homosexualidade de forma diferente, mas sim como algo comum. Simon não é um protagonista gay, ele é somente um protagonista.

O livro apresenta a história de Simon, um adolescente americano que se corresponde por e-mail com um cara chamado Blue. Os dois sabem que estudam na mesma escola, mas nenhum sabe o nome do correspondente. Vale lembrar que Simon e Blue não tinham assumido a sua homosexualidade para ninguém até então, logo, o livro aborda de uma forma mais suave e mais realista temas como aceitação pessoal e preconceito. Há, por exemplo, algumas pessoas na história que cometem erros envolvendo a trama principal e não são culpabilizadas ou não recebem alguma punição, tornando a história mais real possível, já que no cotidiano atual nem sempre todos que cometem erros são culpados pelos mesmos.

Durante toda a leitura do livro fica a dúvida de quem poderia ser o correspondente de Simon, já que a autora não releva ao leitor nenhuma dica. Então, do mesmo jeito que Simon se pega surpreso ao descobrir quem é, o leitor fica com o mesmo sentimento.

Os outros personagens da história como os amigos e familiares de Simon são engraçados e carismáticos e, você tem a sensação de querer ter alguém com essas características na sua vida. Você se sente parte do grupo de amigos e se sente também como um integrante da família.

Simon VS. a agenda homo sapiens é um livro de leitura fluída, divertido, com personagens fofos e com muito amor envolvido. É o tipo de livro que você lê em apenas um dia porque está doido de curiosidade para saber o fim da doce história de Simon. A releitura para os cinemas estréia aqui no Brasil em 12 de Abril.

Leia mais sobre livros aqui.

Fernanda, 23 anos e louca por filmes de terror desde os 4 anos. Princesinha da Disney nas horas vagas, professora, leitora compulsiva e ganhadora brasileira de competição de quem mais assiste séries em 2007.

Fernanda Mineto

Fernanda, 23 anos e louca por filmes de terror desde os 4 anos. Princesinha da Disney nas horas vagas, professora, leitora compulsiva e ganhadora brasileira de competição de quem mais assiste séries em 2007.

%d blogueiros gostam disto: